Localização: Sítio do Lombo do Folhadal

Categoria: Edifício Isolado

Tipologia: Arquitectura Civil / Erudita

Descrição: Magnífico solar de volumes escalonados que apresenta robustas paredes de alvenaria basáltica rebocado a cimento.

Na fachada principal está adossada à capela que termina numa cornija curva em cantaria com cruz. Nela abre-se um pórtico, em arco pleno, de cantaria numa linguagem timidamente barroca, onde está inscrita a data da sua construção (1777) e apresenta, também, gravada uma frase em latim. Este portal está encimado por uma janela com tapa-sol.

Do lado direito ergue-se a harmoniosa torre sineira, que possui alhetas em cantaria vermelha e apresenta também dois óculos quadrangulares, o primeiro dos quais com grade de ferro. Superiormente é rematada por uma cornija horizontal em cantaria aparente e abrem-se dois arcos também em cantaria para os sinos. Entre o portal e o campanário existe uma pia de água benta lavrada em cantaria regional. Interiormente a ermida ostenta um retábulo tardo-barroco em talha dourada e branca.

Do lado esquerdo do templo rasga-se uma porta com moldura em cantaria, apresentando no lintel um desenho ondulado, e no segundo piso abrem-se duas janelas.

A casa solarenga apresenta forno exterior e uma chaminé de forma rectangular. Na parte traseira aparecem dois óculos ovais e várias janelas e portas. Todas as molduras dos vãos são em cantaria vermelha insular e todas as janelas possuem tapa- sóis de cor verde. O imóvel é pintado de cor branca com o característico soco avermelhado.

Este edifício apresenta telhado de duas águas na capela e, no solar, telhados múltiplos de quadro águas em telha de meia cana, com beirais duplos.

Época de Construção Inicial: Séc. XVIII

Saber Mais:

Archais

Ceam